Setores Econômicos

O setor de “Comércio e Serviços” tem a maior participação na agregação de valor do Rio Grande do Norte, com 72,8%. O segmento “Serviços” responde por 30% do total, seguido da “Administração pública”, com 27,7%, e pelo “Comércio”, com 15,1% (2012).

A “Indústria” tem 21,8% da agregação de valor potiguar, com com forte retração da “Indústria de Transformação”, compensada por elevações na “Indústria Extrativa” e na “Construção Civil”. A “Agropecuária”, por sua vez, responde por 3,4%, e destaca-se a fruticultura irrigada, com área colhida de melão com grande relevância no Nordeste.

Estrutura Produtiva Básica da Economia – % do Valor Adicionado Bruto – 2002/2012

Fonte: IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Embora o segmento “Serviços” tenha o maior peso em valor, em termos de emprego formal é a “Administração pública” que lidera, com 30% do total em 2012, o que é superior à sua participação na agregação de valor e pode indicar uma produtividade relativamente menor. Os segmentos de “Comércio” e “Indústria de Transformação” têm a mesma característica.

Em todos esses setores, no entanto, há uma tendência crescente de equiparação da agregação de valor com a participação no emprego formal, com aumento de eficiência. Em relação à distribuição do emprego formal em ramos produtivos, é visível uma concentração. Na “Indústria de Transformação”, quatro ramos respondem por 75% do emprego formal, com destaque para a “Confecção de Artigos de Vestuário e Acessórios”, que representa 29% do emprego no setor.

Distribuição do Emprego Formal na Indústria de Transformação – % – 2014

Fonte: Relação Anual de Informações Sociais -RAIS


Já na “Indústria Extrativa”, duas atividades respondem por 75% do emprego formal, a “Extração de Minerais Não Metálicos” e a “Extração de Petróleo e Serviços Relacionados”.

Distribuição do Emprego Formal na Indústria Extrativa – % – 2014

Fonte: Relação Anual de Informações Sociais -RAIS

Em “Comércio e Serviços”, predominam a “Administração pública” e o “Comércio Varejista e Reparação”, com 65%. “Educação” representa 8% do total.

Distribuição do Emprego Formal em Comércio e Serviços - % - 2011
Administração Pública
Comércio Varejista e Reparação
Serviços Prestados Principalmente às Empresas
Educação
Alojamento e Alimentação
Comércio e Reparação de Veículos
Saúde e Serviços Sociais
Comércio para Atacado
Atividades Imobiliárias
Transporte Terrestre
Outras Atividades
Fonte: Relação Anual de Informações Sociais - RAIS

Na agropecuária, é grande o percentual de emprego formal na agricultura e na pecuária, que correspondem a 77% do total do emprego formal.

Distribuição do Emprego Formal nos Ramos Produtivos da Agropecuária do Rio Grande do Norte - % - 2011
Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados
Pesca, Aquicultura e Serviços Relacionados
Silvicultura, Exploração Florestas e Serviços Relacionados
Fonte: Relação Anual de Informações Sociais - RAIS