Amplo Pacto Político-Institucional

Para construir uma economia competitiva, com um ambiente de negócios atraente e efeitos positivos sobre  o  desenvolvimento  social,  sem  perder  sua  individualidade  e  suas  especificidades,    os  Poderes Públicos Estaduais (Executivo, Legislativo, Judiciário e  Ministério Público) e Municipais, e as principais lideranças e atores políticos, empresariais e da sociedade do Rio Grande do Norte precisarão realizar um grande  esforço  coordenado  tendo  em  vista  a  construção  de  uma visão de futuro, objetivos e metas consensuais e compartilhadas.

Esse processo só tem chance de ser bem sucedido se contar com a adesão e participação de todas as instâncias  de  Governo  e  de  Estado,  do  empresariado e  especialmente,  de  amplo  apoio  político  da sociedade potiguar. E há vários exemplos e casos de sucesso recentes em outros Estados do Brasil que mostram  que  este  caminho  é  possível  e,  mais  ainda, o  mais  rápido  e  eficiente  para  acelerar  o desenvolvimento, a prosperidade e a inclusão social.

A convergência e concertação entre os principais atores sociais provocarão não somente o alinhamento das  expectativas,  mas  um  ambiente  favorável  ao  ajuste  fiscal,  ao  choque  de  gestão,  à  redução  de pressões corporativistas sobre os recursos públicos, à captação e alavancagem de recursos externos, à concretização de investimentos públicos e promoção dos privados, lançando o Rio Grande do Norte em um longo ciclo de desenvolvimento econômico e social.

O Mais RN é justamente um esforço neste sentido e as propostas devem ser entendidas como o ponto de partida para um debate organizado e objetivo, tendo em vista essa construção compartilhada.